Brasileirão, o campeonato mais disputado do mundo

0
122

Vários times na briga contra o rebaixamento, times na busca pelo título. Em comparação às seis maiores ligas do planeta, o Brasileirão é o que inicia com o maior número de equipes em condições de conquistar o título. Você sabia?

Na FutFanatics as camisas dos times europeus e brasileiros estão com até 70% de desconto… CLIQUE AQUI

Claro que existem favoritos antes da bola rolar, no entanto, é sempre impossível descartar alguns times. Neste ano, por exemplo, Corinthians, hoje líder do Campeonato, nem aparecia entre os favoritos.

De 1971, ano da primeira edição do Brasileirão – mais tarde, os títulos conquistados de 1959 a 1970 foram unificados pela CBF -, para cá, o Brasil registrou 17 campeões contra 12 de Inglaterra e França, seguidos de Alemanha e Itália (ambos com nove), Espanha (sete) e Portugal (quatro).

Exceção feita ao Francês, todos os outros apresentam uma concentração de forças. São sempre poucos times brigando pelo título.

TIMES QUE JÁ FORAM CAMPEÕES BRASILEIROS

Palmeiras
Santos
Corinthians
São Paulo
Guarani
Flamengo
Vasco
Fluminense
Botafogo
Cruzeiro
Atlético Mineiro
Internacional
Grêmio
Bahia
Sport
Atlético Paranaense
Coritiba

Em entrevista, o ex-atacante Careca opinou dizendo que certamente o Brasileiro é o mais equilibrado do mundo. “Você pode colocar aí dez, doze times em condições de brigar pelo título”.

Careca, campeão italiano pelo Napoli na temporada 1989-90 ao lado de Diego Maradona conta que por lá, a Juventus é soberana, com as equipes de Milão brigando pelo segundo posto. “Existem campeonatos mais difíceis, mas competitivo como é o Campeonato Brasileiro, não há.”

Campeão pelo Deportivo La Coruña em 1999-2000, em um campeonato em que Real Madrid e Barcelona se revezam na conquista dos títulos com raríssimas exceções, o ex-meia Djalminha, em entrevista ao jornal Estadão aponta que o Brasileirão se tornou o mais equilibrado do mundo principalmente depois da mudança na fórmula de disputa, em 2003.

“Desde que mudou para o sistema de pontos corridos, ficou claro (que o Brasileiro é o mais equilibrado) porque não tem nenhum time superior ao outro. Esse é o motivo. Não podemos confundir equilíbrio com dificuldade. Não é o mais difícil, é o mais equilibrado”, analisou.

Investimento.

Para Djalminha, o equilíbrio está ligado ao poder financeiro. “Na Espanha, temos o costume de dizer que só ganha Real e Barça, mas olha os times em relação aos rivais? Se Flamengo e Corinthians fossem assim, eles também ganhariam tudo. A diferença é essa.”

Campeão brasileiro pelo Santos em 2002, o ex-atacante Aberto concorda com Djalminha. “São níveis diferentes. É o mais equilibrado porque os clubes conseguem chegar em um orçamento parecido”, afirma.

Alberto faz um alerta. Segundo ele, diante de um campeonato tão equilibrado, o bom desempenho no Estadual não pode servir de parâmetro para o Campeonato Brasileiro.

“Quem vai mal no Estadual acaba se reforçando e se acerta, e o que ganhou, não. Isso faz diferença”, diz. “O Inter foi campeão gaúcho em 2016, começou até como líder no Brasileiro e depois foi rebaixado à Série B.”

Este post é um oferecimento da FutFanatics

Previous articleCartolaFC: 5 jogadores que podem complicar seus ex-times nesta 30° rodada
Next articleFifa reconhece títulos mundiais de clubes a partir de 1960
Estudante de jornalismo, Alisson Henrique é o criador e editor do CartolaFC Total, site criado em maio de 2016. Neste ano, desde que o Brasileirão começou, o site já teve mais de 2,7 milhão de visualização, se tornando um dos principais do seguimento. Na página do Facebook já são 155 mil seguidores. Números atualizados em 12 de agosto de 2017. Com passagem pelo SBT Ribeirão Preto, do interior de SP, o criador do site compõe, desde 2015, a equipe da revista RPAnews, onde era estagiário e hoje faz parte do quadro de funcionários. Na internet, é colaborador sênior do portal Torcedores.com. Em 2015, foi um dos colunistas do blog CartolaFC Mix. Em 2014 terminou na 14° posição do CartolaFC, além de ter sido campeão da liga do Globo Esporte SP e do Programa do Cartola. Em 2016 ficou entre os mil primeiros na classificação geral. Para saber mais, clique no menu: SOBRE O EDITOR.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here