Contrato de Gabriel Jesus elege 5 clubes para uma transação mais barata

O novo contrato de Gabriel Jesus com o Palmeiras tem uma particularidade: embora a multa rescisória para o futebol estrangeiro seja de 40 milhões de euros (cerca de R$ 158 mi, na cotação atual), cinco clubes europeus eleitos pelo atacante poderão levá-lo por 24 milhões de euros (R$ 95 mi) na próxima janela de transferências.

São eles: Barcelona, Bayern de Munique, Manchester United, Paris Saint-Germain e Real Madrid.

Até 1º de março, uma cláusula dava ao jogador de 19 anos e aos demais donos de seus direitos econômicos a opção de aceitar propostas de qualquer clube do exterior a partir desse valor depois de 20 de agosto, quando terminam as Olimpíadas.

O contrato anterior, entretanto, deu lugar a um novo acordo, com a mesma extensão (até 18 de dezembro de 2019), mas duas mudanças principais. Gabriel Jesus ganhou reajuste salarialacima do previsto, e a cláusula referente às Olimpíadas agora se restringe à lista dos cinco europeus – a informação sobre a preferência foi revelada pela Gazeta Esportiva e confirmada ao GloboEsporte.com.

Essa cláusula havia sido um dos pontos incluídos na arrastada primeira renovação, em 2014. Na ocasião, o vínculo (que venceria em dezembro de 2015) só foi estendido até o final de 2019 porque o clube cedeu muito. Em vez de 75%, passou a ter 30% dos direitos econômicos – desde então, o restante está dividido entre o atleta (15%), o agente Cristiano Simões (32,5%) e Fábio Caran (22,5%), seu ex-empresário.

Nas condições anteriores, caso recebesse uma proposta de 24 milhões de euros ou mais, o Palmeiras, para ficar com o jogador, deveria comprar parcela proporcional de quem fosse favorável à negociação. Ou seja: se as outras três partes quisessem a venda, o clube precisaria pagar 70% do valor total da oferta.

Embora acredite na vontade do garoto de não sair tão cedo a fim de se tornar ídolo, o clube vem se preparando para sua futura saída. Uma mostra disso foi a contratação de Róger Guedes, atacante de mesma idade e característica semelhantes.

Maior promessa da base nos últimos tempos, Gabriel Jesus subiu ao elenco profissional na temporada passada, sendo eleito a revelação do Campeonato Brasileiro. Convocado para a seleção olímpica com frequência, o atacante é o artilheiro do Palmeiras em 2016, ao lado de Alecsandro, com nove gols (cinco no Campeonato Paulista e quatro na Taça Libertadores).